MOUSSA TRAORÉ, DIRETOR EXECUTIVO DA SIAO, DÁ UMA PRÉVIA DA EDIÇÃO DE 2010

Monday, Setembro 13 2010

Joe Lamport

A edição de 2010 do Salão Internacional do Artesanato de Uagadugu (SIAO) está marcada para ocorrer de 29 de outubro e 7 de novembro na capital de Burquina Fasso. Moussa Traoré, gerenciando a sua primeira edição do evento na condição de novo diretor executivo da SIAO, conversou com o Tradewinds para dar uma prévia da próxima mostra, a qual apresentará várias inovações. A transcrição da entrevista aparece abaixo. O tema da mostra é “Artesanato africano, juventude e empregos”.

You are missing some Flash content that should appear here! Perhaps your browser cannot display it, or maybe it did not initialize correctly.

A SIAO é uma fantástica apresentação de artesanato africano. Isto tem de ser dito, é um evento organizado pelos burquinenses. É um evento muito bonito porque estamos falando de quatro pavilhões enormes que garantem espaço para que 6 mil expositores possam dar as boas-vindas a mais de 300 mil pessoas e mais de 3 mil compradores profissionais.

As pessoas vêm de toda a parte do mundo porque a SIAO permite que você veja toda a África em um quarto de hora. Todos os tipos de artesanato africano estão à mostra. O tema é artesanato africano, juventude e empregos; o objetivo é criar interesse entre os jovens pelo setor.

O setor de artesanato ocupa um lugar muito importante na economia burquinense e na economia africana em geral. Em Burquina Fasso, ele constitui 30% do PIB. Mais de 1 milhão de pessoas trabalham no setor – 500 mil mulheres.

Nós estamos introduzindo algumas inovações para esta SIAO. A primeiro diz respeito à qualidade dos artesãos que estão expondo. Os artesãos têm de ser da mais alta qualidade. Os principais pavilhões só contarão com os artesãos mais talentosos.

A segunda inovação diz respeito à qualidade dos trabalhos em si, os quais serão rigorosamente selecionados para que possam aparecer no Hall da Criatividade da SIAO.

Uma terceira inovação diz respeito ao apoio aos artesãos. Nós pedimos que os parceiros pensassem na possibilidade de patrocinar artesãos, de apoiar os artesãos ao invés de lhes dar os prêmios usuais. Nós pedimos que eles fizessem um pouquinho mais do que isto.

A quarta inovação diz respeito ao próprio evento. Nós queremos assegurar uma boa acolhida a cada um dos visitantes.

Uma outra inovação diz respeito à proteção do meio-ambiente. A SIAO atrai milhares de pessoas. Nós nos comprometemos nesta SIAO a não usar sacos plásticos.

www.siao.bf

 

 

share

No comments available.

Add your comment

The content of this field is kept private and will not be shown publicly.
  • Web page addresses and e-mail addresses turn into links automatically.
  • Each email address will be obfuscated in a human readable fashion or (if JavaScript is enabled) replaced with a spamproof clickable link.
  • You may use [swf file="song.mp3"] to display Flash files and media.
  • Image links with 'rel="lightbox"' in the <a> tag will appear in a Lightbox when clicked on.

More information about formatting options

By submitting this form, you accept the Mollom privacy policy.

Get Tradewinds delivered to you!

RSS

Ler Tradewinds via RSS

Filter all content by…

Agreements